Publicado por: Germano Araújo | 28/04/2009

Envelhecer com o coração jovem

envelhecerConfesso que essa palavra algum tempo anda aportando em meus pensamentos. E claro, me pergunto: Porque essa palavra aparece assim do nada? Talvez pelo fato de ver e perceber meus cabelos caindo e os que ainda teimam em resistir ficando brancos. Talvez pelo fato de ver as minhas fotos do passado, e sobretudo, talvez por sempre achar que o tempo está passando rápido demais e perceber suas consequências ao nosso redor.

idososMas, o que um cara de 30 anos tem a dizer sobre isso? Qual experiência de vida teria para poder escrever desse tema? Tanto para a primeira quanto para a segunda pergunta, diria que o envelhecer não depende nem de idade e nem de experiência. Acreditando nisso, tomarei a liberdade de escrever sobre o tema.

Nunca tive medo de envelhecer, mas penso nele. Vivo muito bem com minha condição de trintão, mas sem dúvida nenhuma é bastante difícil ver alguém que amamos ou alguém próximo envelhecer.

Desde cedo aprendemos que um ser vivo nasce, cresce e morre. O ciclo natural da vida envolve o nascimento, o amadurecimento com o conhecimento triste e alegre das coisas da vida, e o declínio das funções vitais na velhice, quando ela se aproxima. Esse seria o resumo da ópera em sua verdade nua e crua. Mas e a sua essência, também seria vista assim? Creio que não. Ninguém envelhece, enquanto não perder o interesse pela vida, enquanto o seu espírito não envelhecer, enquanto o seu coração não se tornar frio e indiferente. Enquanto estiver em contato com a vida em muitos pontos, o espírito não se torna velho.

Acredito, aceito e sinto que envelhecer é bastante difícil. Sim, não é fácil envelhecer. Sobretudo quando você está no meio do jantar e um idoso fala de repente:

- Todos os meus amigos estão morrendo…

img_0614-720035Engasgo e no mesmo milésimo de segundo concluo que este idoso está melancolicamente certo. Todos os seus amigos de junventude já foram ou estão para concluir o final do segundo tempo da prorrogação. Deve ser muito triste ter cada vez menos testemunhas do seu passado. Talvez por isso que os idosos gostem tanto de falar, o que provoca a impaciência dos inquietos jovens.

Lembro-me das vezes em que minha mãe juntamente com meu pai me “obrigavam” a ir na casa dos meus avós aos domingos. Não tinha exatamente nada o que fazer, pois somente eles viviam lá e eu com toda minha pré-adolescência a flor da pele a escutar estórias e histórias do passado. Sabiamente eles enxergavam a importância de me mostrar o que é velhice e sobretudo o calor da família. E isso fica muito mais evidente quando a partida deste idoso chega ao apito final. E ainda hoje eles, sobretudo minha mãe, em seus gestos e palavras, mostram a magnitude do que é envelhecer.

2Como envelhecer não é fácil, o saber envelhecer tão pouco é, principalmente numa sociedade que cultiva o novo, as cirurgias plásticas, o poder e a produtividade. Saber envelhecer é um aprendizado contínuo, é aceitar as novas limitações que o tempo traz, é não encarar a aposentadoria como um vazio, mas aprender a usar e desfrutar desse momento livre para buscar momentos de prazer. É renunciar a uma antiga posição de autoridade e aceitar que um estilo de vida produtiva se fecha para que outro tipo de vida apareça.

Deve ser muito estranho e desconfortante você viver sabendo que falta pouco. Não que alguém possa ter alguma certeza, mas no mínimo chega uma época da vida que você sabe que não há mais muita dúvida. O fim está próximo, é batata, a mesma que me fez engasgar ao ouvir o mórbido comentário do idoso na mesa de jantar.

Mas então, o que é envelhecer? Envelhecer é enfrentar uma queda de braços entre a mente e o coração que continuam jovens e não se entendem mais com um corpo que resolveu ficar caduco. Envelhecer é começar a esquecer as coisas que aconteceram ontem, mas se lembrar das coisas que aconteceram lá atrás. Envelhecer é ganhar do tempo o tempo exato e lapidado para saber aproveitar, compartilhar, multiplicar todas as belezas e obras do sol nascente. Por que a sua idade mente?

pulo-de-alegriaEnvelhecer é trazer no peito a medalha dos filhos, dos netos, dos bisnetos… É ver a cegonha várias vezes por ano, milhares de vezes sobrevoando o céu.

Envelhecer é dar o colo confortável, o ombro, o abraço, o beijo apaixonado na face de um mimo querido. Saber envelhecer é qualquer carinho! O que são as doenças? Elas dão na gente e não nas pedras, diz o ditado popular. Nunca escolhe o dia mais certo ou o mais errado para chegar e nem mesmo bate a nossa porta como uma convidada exemplar. Doença é coisa de velho… Você tem certeza do que fala ou pensa??!!. Cuidado com a sua crença!

Envelhecer é cantar, dançar, acreditar na sabedoria. Envelhecer é algo que me anima, possui rítmo e melodia. É experimentar prazeres e galgar descobertas. Envellhecer é dar bombom aos netos, é brindar a tecnologia. Meu avô, minha avó, meu pai, minha mãe, meus tios e minhas tias e porque não meus amigos, que eu pude ter? Estar velho, antigo, idoso seja qual for o nome dado, importa muito pouco o rótulo. Importa muito mais a garantia de vida. Os hormônios, a atividade física, são recursos que podemos optar sem desmerecê-los. O sexo está no desejo e devemos a ele saciar.

idosaEnvelhecer pode e deve não ser triste. Triste é não ter vivido de bem consigo próprio, ou ter desperdiçado a vida com assuntos banais, destruindo por vezes a nossa própria saúde, esquecendo do que realmente importa: que somos nós mesmos e as pessoas que nos cercam. Sendo certo que, quanto mais aprendemos a viver, mais perto estamos de dizer adeus à vida!

Se a vida foi bem vivida, as reminiscências são belas e as satisfações consoladoras. Realmente, o que pode dar maior prazer do que contemplar uma vida bem empregada, útil e belamente vivida? Se conservar a sua esperança bem viva, apesar dos desânimos, e encarou todas as dificuldades com fisionomia risonha, os anos dificilmente deixarão vestígios nas suas faces.

O fato é que devemos aprender a envelhecer. E digo mais, envelhecer com o coração jovem. Esta é a arte de envelhecer. Meus caros amigos, aproveitem! Envelhecemos sem preconceitos! Quero vê-los na casa dos 90 com os nossos 20, 30, 40, 50…. Quero estar onde vocês estiverem, com ou sem rugas, com ou sem cabelos, mas repletos de paz e alegria! A vida não se aprende nas cartilhas, ela está em nossas mãos! Envelhecer exige acima de tudo perseverança e muita paixão!

idosos

Sds.

Germano Araújo.

About these ads

Responses

  1. Eu fui lendo e as lágrimas descendo…
    Fui lembrando dos meus avós e tias… Sempre serenos, nos seus 85, 80, 75 anos…
    Sempre gostei de ir para a casa da minha avó… A comida da vovó, depois deitar no seu colo e escutar ela contando as estórias dela e da familia, e ver rolando as lágrimas de uma mulher que lutou muito e passou por tudo, mas que conseguiu cuidar dos cinco filhos, viu os doze netos e agora os sete bisnetos e se preparando para a chegada da oitava bisneta.
    Quanta docura no olhar… é tão bom quando chegava na casa dos meus tios-avós e eles davam chocolate, balas… tinha sempre uma caixa de bombom esperando… e uma boa história…
    Ahhhh… Saber envelhecer… como eu queria ter essa receita…
    Sei que adoro esses senhores e senhoras de idade, que me fazem sentir que vale a pena viver bem!!! Para quando meus netos estiverem ao meu redor contar todas as belezas e dificuldades que passei para estar ali com eles…
    A arte de envelhecer é nunca deixar a criança dentro de você morrer… A alegria de um sorriso… O calor de um abraço… A felicidade de um amor…
    Saber escutar e respeitar os mais velhos é cuidar de nós mesmos no futuro…

  2. Gê,gostei, gostei, gostei…..envelhecer é aceitar com dignidade o ontem,o hoje e o amanhã se houver.
    envelhecer é poder olhar para trás e dizer: fiz tudo que estava ao meu alcance e dormir o sono dos Justos.
    é ainda poder esperar o filho(a) que vem os netos que virão e sobretudo agradecer a DEUS e dizer estou VIVA apesar dos pesares bjs.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: